Nota de Repúdio

A Editora Alpheratz vem manifestar total repúdio diante da decisão do Governo do Estado de Rondônia de Marcos Rocha do PSL de censurar relevantes obras da Literatura brasileira e internacional.

A onda de obscurantismo e anti-intelectualismo manifestada por diversos personagens da política brasileira, a começar pela cúpula da esfera Federal, vem causando trágicos prejuízos à Cultura Nacional. A censura às obras de autores como Machado de Assis, Edgar Allan Poe, Franz Kafka, Nelson Rodrigues, Mário de Andrade, Rubem Fonseca entre outros demonstra um governo formado por apedeutas oligofrênicos, incapazes de se desvencilharem de seus preconceitos e intolerâncias, em geral nascidas de um viés religioso sectarista, a ponto de não sentirem pudores em agredir e destruir aquilo que a Cultura Brasileira traz de mais valioso – nossa diversidade e pluralidade.

Por isso, a Editora Alpheratz torna clara sua postura contra toda a censura, fascismo e atitudes antidemocráticas que emergiram no país nas páginas recentes de sua história política. Nosso compromisso, acima de tudo, é de prestigiar, disseminar e valorizar a Cultura Brasileira, em especial sua Literatura, mostrando o Brasil em toda sua riqueza, não apenas natural, mas a riqueza de seu povo e de sua gente.

Tendo em vista a necessidade de combater a ignorância disfarçada de conservadorismo, mas que age de maneira destrutiva, depredando a Educação e a Cultura do Brasil, a Editora Alpheratz empunhará suas armas, nossos livros, acreditando que somente a educação é capaz de salvar o Brasil da indigência intelectual para a qual vem sendo conduzido. Este ano, no mês de março, lançaremos nossa primeira antologia de contos de autores brasileiros. Nela estará presente o pai da Literatura Brasileira, Machado de Assis, cuja censura pelo governo de Rondônia, do mesmo partido que comanda o Governo Federal, só faz demonstrar a grandeza e o valor deste escritor mulato e periférico para todos nós brasileiros.

Fechar Menu
×
×

Carrinho