Claudio Carvalho (Luiz Claudio da Costa Carvalho): Concluiu pesquisa de pós-doc em Estudos Culturais no Programa Avançado de Cultura Contemporânea – PACC/UFRJ. Doutor e Mestre em Letras Vernáculas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Graduado e Licenciado em História pelo Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio de Janeiro (IFCS-UFRJ). Professor de Corporeidade, Cultura e Discurso, Textos & Pretextos, Práticas Discursivas e Especialidades Linguísticas, Literatura e Infância, Redação Acadêmica na graduação do DESU/INES – Departamento de Ensino Superior/Instituto Nacional de Ensino Surdos/Faculdade Bilíngue de Pedagogia. Professor de Literatura e Formação do Leitor Surdo, na Pós Lato Sensu Língua Portuguesa: leitura e escrita no ensino de surdos. Tem programadas para o Mestrado Profissional em Educação Bilíngue, a ser iniciado em 2020.1, as seguintes disciplinas: Narrativas em Torno do conceito de Literatura Surda e Literatura em Libras. Também no INES, ofereceu a atividade extensiva Oficina Permanente de Teatro Gesto Teatral. Escritor: autor de romances, contos, poemas, letras de música, textos de teatro, ensaios e textos acadêmicos.

É autor de romances: Os versos satânicos do Jovem Marx (2020), Trindade (2016) e Rocambole de Carne à Copacabana (2013), com Luís Carlos de Morais Jr. e Cid do Prado Valle.

Publicou reflexões sobre Estudos Culturais da Surdez identitária nos livros: Outras Palavras: minorias sociais e narrativas sobre a diferença essencializada (2014), com Luís Carlos de Morais Jr, e em Lendas da Identidade: o conceito de Literatura Surda em perspectiva (2019).

Seu livro infantil Rolando e a Bola (2015) teve excelente aceitação, com a realização de vários lançamentos em ambientes educacionais e literários.

Publicou conto em Morro de Saudades: quatro caminhos para o Morro do Castelo (2020), escrito com Cid Prado Valle, Leonardo Perin Vichi e Pedro  Paulo Machado.

Publicou poemas e contos em Assalto à cidadela dos deuses (2003). Publicou poemas em: O livro dos quatro cantos (1987), O Rio Nãoseioquê que nasce não sei onde (2010) e Irado (2014).

Escreve textos de teatro para crianças: Zezeu e o Mini Touro (objeto de duas montagens), A História de Zezeu (uma montagem), Precisa-se de Palhaços (uma montagem). 

Não foram mencionadas outras produções literárias ainda inéditas e textos publicados em periódicos.

Títulos publicados pela Editora Alpheratz